Software Solar

 
O Solterm é um programa de análise de desempenho de sistemas solares elaborado pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia, IP (LNEG), especialmente concebido para as condições climáticas e técnicas em Portugal. É, ainda, o software a ser utilizado na contabilização da contribuição de sistemas de energias renováveis para o balanço energético de edifícios, no contexto do Sistema de Certificação de Edífícios, no âmbito do Decreto-Lei n.º 78/2006,  Decreto-Lei n.º 79/2006 e Decreto-Lei n.º 80/2006, de 4 de abril.
 
Pode adquiri-lo via internet   Programa Solterm 5 - encomenda  
 





As principais características deste software são:

- base de dados climáticos com uma resolução espacial de aproximadamente 30 Km, incluindo as ilhas e com a possibilidade de gerar Anos meteorológicos de referência.

- cálculo de sistemas clássicos, com possibilidade de definir depósitos estratificados, perfis de consumo declarados em base horária para cada mês e uma simulação numérica detalhada.

- cálculo de sistemas de passagem única com e sem depósito, processos de consumo constante e possibilidade de declarar paragens nocturnas e fins de semana.

- cálculo de sistemas com temperatura de retorno constante.

- cálculo de sistemas para piscinas exteriores e interiores com possibilidade de definir perfis de utilização e operação em base horária para cada mês.

- cálculo de uma análise económica básica.

- optimização da área de colector, por critérios económicos.

- estimativa de emissões de gases com efeito de estufa evitados com factores de emissão compatíveis com cenários nacionais para o primeiro período de cumprimento do Protocolo de Quioto.
 

Os sistemas solares térmicos são geralmente usados em habitações unifamiliares, como sistemas de aquecimento de água doméstica. Os cálculos de simulação estão bem calibrados para esta situação, sendo muito raros os erros de cálculo. Contudo, se os sistemas forem mais complicados, p.e. para um sistema solar de aquecimento ambiente ou no caso de sistemas solares de maiores dimensões, com vários campos de colectores e tanques de armazenamento de regulação, as previsões apresentam um erro associado mais elevado.No caso de sistemas solares térmicos, a determinação das bases de planeamento tais como os consumos de água e calor necessários, são muito importantes. Se se acharem na realidade consumos alternativos ou necessidades de calor, então os resultados operacionais diferem inevitavelmente dos resultados simulados.

Já existem em Portugal diversos programas de cálculo. Os programas de cálculo são simples, baseados em processos de cálculo estáticos. Geralmente, são incluídos apenas os valores médios mensais para diferentes localizações. Com base no alinhamento, no tipo de colector, no tamanho da área da superfície do colector e no consumo de água quente, determina-se o rendimento para todo o sistema. Obtêm-se resultados rápidos, especialmente na área de sistemas normalizados, para aquecimento de água doméstica (AQS). Não pode no entanto ser considerado o comportamento do sistema sob condições específicas e para escalas de tempo pequenas. Por outro lado, são raros os casos em que são reproduzidas de um modo muito restrito, as várias configurações de sistemas disponíveis no nosso mercado.

 Veja aqui um exemplo de software solar

Contacto

energia-solar-térmica-tisst

© 2015 tisst.net -Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode