Medidas de prevenção

  • Utilizar sempre que possível "chariots"
  • Não transportar em carro-de-mão cargas longas ou que impeçam a visão
  • Manter as zonas de movimentação arrumadas
  • Sinalizar zonas de passagem perigosas
  • Utilizar ferramentas que facilitem o manuseamento de carga
  • Tomar precauções especiais na movimentação de cargas longas
  • Adoptar uma posição correcta de trabalho, tendo em conta os seguintes aspectos:
 
  • O centro de gravidade do trabalhador deve estar o mais próximo possível e por cima do centro de gravidade da carga
  • O equilibrio do trabalhador que movimenta uma carga depende essencialmente da posição dos pés, que devem enquadrar a carga
  • O centro de gravidade do trabalhador deve estar sempre situado no polígono de sustentação
  • Adoptar sempre um posicionamento correcto. Para tal, o dorso deve estar direito e as pernas flectidas
  • Usar a força das pernas. Os músculos das pernas devem ser usados em primeiro lugar em qualquer acção de elevação
  • Fazer trabalhar os braços em tracção simples, isto é, estendidos. Devem, acima de tudo, suster a carga e não levantá-la
  • Usar o peso do corpo para reduzir o esforço das pernas e dos braços
  • Orientar os pés. Quando uma carga é levantada e em seguida deslocada, é preciso orientar os pés no sentido em que se vai efectuar a marcha, a fim de encadear o deslocamento com o levantamento
  • Escolher a direcção de impulso da carga. O impulso pode ser usado para ajudar a deslocar ou empilhar uma carga
  • Garantir uma correcta posição das mãos. Para manipular objectos pesados ou volumosos, deve-se usar a palma das mãos e a base dos dedos. Quanto maior for a superfície de contacto das mãos e a base dos dedos. Quanto maior for a superfície de contacto das mãos com a carga, maior segurança existirá. Para favorecer um bom posicionamento das mãos, colocar calços sob cargas 

Contacto

energia-solar-térmica-tisst

© 2015 tisst.net -Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode