LIGAÇÕES EM PARALELO

LIGAÇÕES EM PARALELO

paineis-solares-térmicos-ligação-em-paralelo

A ligação de colectores em paralelo proporciona comportamentos térmicos similares em todos eles sempre que o número em cada fila não supere os valores estabelecidos pelo fabricante. Fixar este número não é possível, mas a experiencia mostra que pode ser admissível um número máximo de 10 colectores, embora poucas vezes se ultrapassem os 4 colectores.
A ligação em paralelo propociona maior rendimento, porém aumenta também o diametro e comprimento das tubagens pois o caudal total é a soma dos caudais em todos os colectores. Aumenta também o número de acessórios da instalação de bombagem o que encarece a instalação.
Deve-se dispor as ligações de forma a realizar a denominada alimentação ou retorno invertido, para que o circuito resulte hidráulicamente equilibrado.
O traçado realizar-se-á de modo a que o tubo geral de retorno, pelo qual circula o fluído aquecido, tenha o percurso mais curto possível. Assim, é mais conviniente a alimentação invertida.

Contacto

energia-solar-térmica-tisst

© 2015 tisst.net -Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode