CPC OU COLECTORES CONCENTRADORES PARABÓLICOS

CPC OU COLECTORES CONCENTRADORES PARABÓLICOS

O desenvolvimento da óptica permitiu muito recentemente a descoberta de um novo tipo de concentradores conhecidos por CPC (Colector Parabólico Composto) ou Winston, que combinam as propriedades dos colectores planos (também podem ser montados em estruturas fixas e têm um grande ângulo de visão o que também permite a captação da radiação difusa) com a capacidade de produzirem temperaturas mais elevadas (>70ºC), como os concentradores convencionais do tipo de lentes.

A diferença fundamental entre estes colectores e os planos é a geometria da superfície de absorção, que no caso dos CPC a superfície absorvedora é constituída por uma grelha de alhetas em forma de acento circunflexo, colocadas por cima de uma superfície reflectora. A captação solar realiza-se nas duas faces das alhetas já que o sol incide na parte superior das alhetas e os raios que são reflectidos acabam por incidir na parte inferior das alhetas, aumentado assim ainda mais a temperatura do fluido e diminuindo as perdas térmicas. A diminuição das perdas implica uma melhoria do rendimento térmico. Por outro lado, a inércia térmica do colector é inferior e a temperatura nominal de funcionamento é atingida mais rápidamente.

Contacto

energia-solar-térmica-tisst

© 2015 tisst.net -Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode