Centro Paroquial avança na sustentabilidade 26/11/2014

Centro Paroquial avança na sustentabilidade 26/11/2014

CENTRO SOCIAL E PAROQUIAL DE TERROSO NO CAMINHO DA SUSTENTABILIDADE

 
PÓVOA DE VARZIM – O Presidente da Câmara Municipal inaugurou, ao final do dia de ontem, o projeto de Eficiência Energética e Energias Renováveis implementado no Centro Social e Paroquial de Terroso.
Aires Pereira revelou que “a minha vida no Município da Póvoa de Varzim confunde-se um bocadinho com a história deste centro”, sendo que “esta obra foi dos primeiros assuntos que tratei. Na altura, construiu-se a obra possível”.
O autarca constatou que, “ao longo do tempo, temos assistido à melhoria das condições de utilização deste edifício e, agora mais recentemente, a esta inovação da utilização das energias renováveis, nomeadamente, a energia solar através da colocação de painéis. A sustentabilidade do ambiente e do planeta é um caminho muito importante”, advertiu.
O Presidente fez questão de deixar uma mensagem de reconhecimento pelo trabalho prestado pelos funcionários, nomeadamente, a sua dedicação.
Em relação ao apoio do Câmara a esta renovação, informou que será de 50 mil euros justificando que “é obrigação do Município acompanhar as instituições e apoiá-las nas suas melhorias”.
Aires Pereira anunciou que “estamos com o Plano Diretor Municipal terminado e isto faz com que seja possível avançar com a obra do adro e do largo em frente à Igreja, bem como com a resolução do problema do Cruzeiro de São Lourenço, reposicionando-o e criando melhores condições”.
O Presidente deu ainda notícia da requalificação do espaço desportivo da freguesia, “um dos primeiros onde será colocado relvado sintético” e do alargamento do Cemitério de Terroso, “que vai resolver para os próximos 40-50 anos os problemas de escasso espaço no cemitério”.
Neste sentido, o autarca transmitiu que ao cumprir o seu primeiro ano de mandato (29 de setembro) “não posso estar mais contente com o trabalho que temos vindo a desenrolar, fundamentalmente, com espírito de compreensão e de colaboração dos poveiros. A nossa dedicação à terra e à resolução dos problemas é total”, garantiu.
O Padre Pedro Amorim, Presidente do Centro Social e Paroquial de Terroso, explicou que “a intervenção surgiu, por um lado, da necessidade de substituir o telhado, pois a telha simples não só perdia o calor como canalizava o frio e a humidade para o interior do edifício. Por outro lado, as paredes também demonstravam deficiências, dado tratarem-se de paredes simples e, portanto, não tinham nenhum sistema de isolamento térmico e acústico eficazes contra a perda de calor no inverno e capacidade de refletir o mesmo no verão. A solução passou pela aplicação de capoto projetado”.
O Padre Pedro revelou que adquiriram equipamentos capazes de substituírem as fontes de energia fósseis para renováveis. “Optou-se pela colocação de painéis fotovoltaicos para a produção de energia elétrica e consequente redução de consumo. Aplicaram-se também painéis térmicos e caldeira biomassa para aquecimento de águas, de forma a não consumirmos gás para o aquecimento das mesmas e para o aquecimento do edifício”.
Neste sentido, informou que “o consumo de gás reduziu em 80% e a eletricidade à volta de 15%”. Para além disso, “este verão, quase não foi necessário ligar o ar condicionado, o que é muito mais saudável para os nossos idosos”.
Através deste projeto, o Centro Social Paroquial de Terroso beneficiou de Apoio cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Norte, do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Trata-se de um investimento de cerca de 300 mil euros, que conta com um apoio de 50 mil euros da Câmara Municipal e um encargo de cerca de 80 mil euros para o Centro.
 
Fonte: local.pt 26/11/14
 
 

Contacto

energia-solar-térmica-tisst

© 2015 tisst.net -Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode