Bangladesh quer tornar-se na primeira «nação solar» 07/02/2015

Bangladesh quer tornar-se na primeira «nação solar» 07/02/2015

Bangladesh, instalação de painéis solares.

Uma vez que a maior parte dos residentes do Bangladesh não tem acesso à rede elétrica, o governo do país quer reforçar o abastecimento de eletricidade nas habitações, com a instalação de painéis solares.

O governo do Bangladesh pretende que cada casa seja alimentada por energia solar em 2021. Para se tornar na primeira «nação solar», o país pretende atingir o objetivo através daquilo a que chama «sistemas de habitação solar». Estes sistemas serão proporcionados pelo governo a cidadãos que vivam em habitações sem rede elétrica.
O projeto é parcialmente financiado pelo Banco Mundial e uma vez que a maior parte dos habitantes do país vive sem rede elétrica, o governo promove o acesso à eletricidade através da instalação de painéis solares nas residências. Mesmo as casas com rede elétrica estão sujeitas a apagões habituais, uma vez que a rede não permite um acesso estável.
Atualmente, cerca de 15 milhões de casas já são alimentadas energeticamente através do sol no Bangladesh. Há quatro anos estimava-se que apenas um milhão de casas tivesse eletricidade através da energia solar.
Mensalmente são colocados novos sistemas solares em cerca de 50 mil a 60 mil habitações, o que possibilita a existência de eletricidade em zonas distanciadas. O governo espera conseguir gerar 220 megawatts de eletricidade para alimentar seis milhões de habitações em 2017, indica o portal Inhabitat.

Fonte: fatimamissionaria.pt 07/02/15

Contacto

energia-solar-térmica-tisst

© 2015 tisst.net -Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode